Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Kit d'Unhas

Porque o kit d'unhas não se compra. Crítica ao mundo rally.

Porque o kit d'unhas não se compra. Crítica ao mundo rally.

Análise Rally Monte Carlo

Assim termina mais uma edição do Rally de Monte Carlo. Marcada por muitos problemas, com os principais pilotos a atravessarem dificuldades durante todo o fim de semana.

rallye-monte-carlo-20181.jpg

 

Mais uma vitória para Ogier que apesar de ter admitido que teve dificuldades, teve menos que outros e assim sendo consegue trazer para a M-sport um início de época ideal. Apesar de Elfyn Evans terminar em sexto e Bouffier oitavo, deixando antever dificuldades para ajudar Ogier ao longo do ano.

Rallye-Monte-Carlo-2018-9-1068x712.jpg

 

Os outros dois lugares do pódio foram ocupados pelos dois mais fortes pilotos da Toyota, Ott Tanak e Jari-Matti Latvala. Ott que na sua estreia consegue um segundo lugar e Latvala cumpre o que se propôs a fazer no início da época, terminar sempre no pódio. Lappi que teve sempre rápido, ocupando bons lugares, uma infelicade perto do fim leva o piloto a terminar em sétimo. Antevendo assim boas prestações para o resto do ano.

rallye-monte-carlo-2018-etapa2-tarde-2_1440x655c.j

 

Por parte da Hyundai um rally muito difícil que se salvou o quinto lugar de Thierry Neuville depois de todos os azares. Sordo foi durante algum tempo o melhor da equipa mas uma saída de estrada ditou o fim de prova. Andreas Mikkelsen esteve sempre rápido, mas, tal como referi na antevisão da época, a mecânica volta a trair o piloto, desta vez com a correia do alternador a ceder.

neuville-2018montecarlo-aus-5830.jpg

 

Por parte da Citroën os dois pilotos a terminar no top 10, mas Meeke, quarto, no fim da prova a queixar-se muito do comportamento do carro, dizendo inclusivé que nunca sentiu a 100% como poderia agir. Breen apesar das dificuldades termina em nono, permitindo assim à equipa sair à frente da Hyundai no Mundial de Construtores.

Meeke-Citroen-Rallye-Monte-Carlo-2018.jpg

 

De realçar ainda Jan Kopecký vencedor no WRC2, e décimo à geral demonstrando bem as dificuldades dos pilotos da frente. Kalle Rovanperä, o jovem que demonstra cada vez mais o seu valor, termina em segundo nos R5, sendo um dos pilotos a obversar com mais atenção em 2018.

SP_8190.jpg

 

Um última curiosidade, na especial número 9, um Fiat 124 Abarth ficou em quarto, à frente de WRC oficiais. Um facto de realçar visto que se trata de um veículo em inferioridade perante os demais.

WhatsApp-Image-2018-01-27-at-14.11.06-725x485.jpeg

 

Um Monte Carlo que representa bem o que é esta prova, cheia de armadilhas, até para os mais experientes. Se continuar assim o Mundial temos espetaculo garantido para 2018, segue-se a Suecia com os seus bancos de neve que podem terminar um rally num instante. E a contagem decrescente continua para o Melhor Rally do Mundo....Portugal.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D